Ressurgimento do interesse pelo feijão

O feijão é um produto muito importante na mesa do brasileiro porque é um bom substituto para a carne, é o mais barato e ainda é uma ótima fonte de proteína. Apesar do alto consumo, esta cultura vem cedendo espaço para o cultivo de soja, mesmo com o preço acima de R$ 250,00 a saca.


Existindo a necessidade de reacender o interesse pela cultura do feijão, depois de 11 anos, a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) lançou – no início de abril – uma nova cultivar de feijão, esta é chamada RS Centenário, essa novidade representa uma esperança para o crescimento do cultivo de feijão.


A variedade pertence ao grupo de feijões rajados, possui um ciclo de produção tardio, propiciando mais enchimento dos grãos e, consequentemente, maior produtividade. A variedade foi desenvolvida pelo melhorista Juliano Garcia Bertoldo, melhorista do Centro Estadual de Diagnóstico e Pesquisa da Agricultura Familiar (Ceafa) da SEAPDR, e outros dois pesquisadores. De acordo com Bertoldo, trata-se de uma variedade de feijão diferente do preto e do carioca, mais conhecidos, podendo ter maior valor no mercado.


Uma vez que a colheita do feijão apresenta um custo elevado e se mal processada, pode proporcionar grandes perdas, interferindo diretamente na produtividade e lucratividade, a RS Centenário surge como uma variedade coringa para a produção, devido possibilidade de que a colheita seja feita de forma mecanizada.

 

Se interessou pelo conteúdo?

Entre em contato conosco! Podemos entregar a melhor solução para sua propriedade Rural.

Ramo da Terra – Soluções Agrícolas e Ambientais

Av. Brasil Norte, 364, Sala 15, Ilha Solteira

Cel: (35) 98807-5190 (Guilherme)

Email: marketing@ramodaterraej.com

Facebook: facebook.com/ramodaterra

Site: https://bit.ly/ramodaterraej

 

Referências bibliográficas:


PESSOA, C. CORREIRO DO POVO. Cultiva para reacender interesse pelo feijão. Disponível em: https://www.correiodopovo.com.br/especial/cultivar-parareacender-interesse-pelo-feij%C3%A3o-1.810149. Acessado em: 28 abril 2022.


PEREIRA FILHO, W. J. .; COMPAGNON, A. M. .; FRANCO, F. J. B. .; ROSA NETO, N. D. .; LEMES, L. M. . Quantitative losses in mechanized bean harvesting. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 5, p. e10810514207, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i5.14207. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/14207. Acessado em: 28 abril 2022.


DOS SANTOS DUARTE, José Felipe. Análise da Cadeia Produtiva da Cultura do Feijão no Município de Pato Branco. 43 f. TCC (Curso de Agronomia), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Pato Branco, 2019. Acessado em: 28 abril 2022.






0 comentário

Posts recentes

Ver tudo