Como a guerra na Ucrânia impacta o Agro no Brasil?

Como todos sabemos, está havendo neste momento, infelizmente, um grande conflito entre a Ucrânia e a Rússia desde o dia 24 de fevereiro. Mesmo ocorrendo tão distante de nós, quais são as consequências para o nosso país e o Agronegócio brasileiro?


Primeiramente, a Rússia é o principal país fornecedor de adubos e fertilizantes para nós, do total importado - 40 milhões de toneladas que crescem ano após ano -, 23% (7,82 milhões de toneladas) foram adquiridos deles, uma porcentagem altamente significativa. Belarus também, outro importante fornecedor de fertilizantes teve a exportação interrompida por causa da guerra, onde a Lituânia, país vizinho com conexão ao mar, fechou as suas fronteiras. Isso afeta muito e diretamente o Brasil, já que somos o mais importador desses insumos, logo, altamente dependentes no setor agrícola, com cerca de 85% do total consumido sendo importado, segundo dados da Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda). Analistas dizem que a eventual falta de potássio é a mais preocupante, com o risco iminente de desabastecimento no mundo todo.


Além do problema com os fertilizantes/adubos, o mercado de grãos mundial também sofre por conta desse conflito, fazendo com que o preço de algumas commodities agrícolas importantíssimas, como o trigo e o milho, subam mais de 5% nas bolsas de Chicago, atingindo o maior patamar em mais de 14 anos, pois a Rússia e a Ucrânia são grandes exportadores dessas duas culturas, ocupando o 4° e 9° lugar para o trigo, e 6° e 4° para o milho, respectivamente. A previsão, de acordo com a Faesc, é que paguemos mais caro para importar o trigo e milho, principalmente.


Algumas alternativas podem ser tomadas para tentar “burlar” essa falta de fertilizantes oriundos da Rússia, como importar do Canadá e do Irã, outros grandes produtores de potássio e fósforo. Mas a situação poderá se normalizar somente com o fim imprevisível da guerra entre os dois países, até lá, o nosso Agro sofrerá impactos significativos.

 

Se interessou pelo conteúdo?

Entre em contato conosco! Podemos entregar a melhor solução para sua propriedade Rural.

Ramo da Terra – Soluções Agrícolas e Ambientais

Av. Brasil Norte, 364, Sala 15, Ilha Solteira

Cel: (35) 98807-5190 (Guilherme)

Email: marketing@ramodaterraej.com

Facebook: facebook.com/ramodaterra

Site: https://bit.ly/ramodaterraej

 

Referências bibliográficas:


[22:25, 03/03/2022] Júlia Ramo: INDEXMUNDI. Corn Exports by Country in 1000 MT. 2022. Disponível em: https://www.indexmundi.com/agriculture/?commodity=corn&graph=exports. Acesso em: 03 mar. 2022.


POLANSEK, Tom. Guerra na Ucrânia faz trigo atingir pico de 14 anos e milho ter máxima desde 2012. 2022. Disponível em: https://www.cnnbrasil.com.br/business/guerra-na-ucrania-faz-trigo-atingir-pico-de-14-anos-e-milho-ter-maxima-desde-2012/. Acesso em: 03 mar. 2022.


FARMNEWS, Equipe. Maiores produtores mundiais de milho, safra 2021/22: dados de setembro. 2022. Disponível em: https://www.farmnews.com.br/mercado/maiores-produtores-mundiais-de-milho-safra-2021-22-dados-de-setembro/. Acesso em: 03 mar. 2022.


PORTAL, Paraná. Importação de fertilizantes deve ser impactada por conflito Rússia-Ucrânia. 2022. Disponível em: https://paranaportal.uol.com.br/agronegocio/importacao-fertilizantes-impactada-russia-ucrania. Acesso em: 03 mar. 2022.


CONTEðDO, Diário do Nordeste e Estadão. Rússia é a principal fornecedora de fertilizantes ao Brasil; conflito com Ucrânia já provoca aumento. 2022. Disponível em: https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/ultima-hora/pais/russia-e-a-principal-fornecedora-de-fertilizantes-ao-brasil-conflito-com-ucrania-ja-provoca-aumento-1.3198807. Acesso em: 03 mar. 2022.


CONTEUDO, Estadao. Guerra afeta custo de fertilizantes e produtor prevê redução no plantio. 2022. Disponível em: https://www.noticiasaominuto.com.br/economia/1888239/guerra-afeta-custo-de-fertilizantes-e-produtor-preve-reducao-no-plantio. Acesso em: 03 mar. 2022.


SAFRAS, Agência. Mercado de grãos segue impactado por guerra; trigo e milho têm alta de 5%. 2022. Disponível em: https://www.canalrural.com.br/noticias/internacional/mercado-de-graos-segue-impactado-por-guerra-trigo-e-milho-tem-alta-de-5/. Acesso em: 03 mar. 2022.


RURAL, Canal. Brasil vai pagar mais caro para importar trigo, diz Faesc. 2022. Disponível em: Brasil vai pagar mais caro para importar trigo, diz Faesc. Acesso em: 03 mar. 2022.
















0 comentário

Posts recentes

Ver tudo