A utilização de resíduos como fertilizantes e suas contribuições para a sustentabilidade

A agricultura e agroindústria brasileira são grandes geradores de resíduos orgânicos de origem animal e vegetal, esses resíduos contêm macro e micronutrientes que foram extraídos dos solos agrícolas pelas colheitas ou pelo pastejo. Estima-se que resíduos gerados pela produção animal contenham aproximadamente 30% do total de nitrogênio, 20% do fósforo e 10 % do potássio utilizados anualmente na agricultura nacional.


Os resíduos orgânicos possuem grande potencial de melhoramento químico, físico e biológico do solo, além disso o uso dos mesmos como fertilizantes atende aos requisitos da economia circular, economia verde, resíduo zero e emissão zero de carbono, no que se refere a sua geração.


A Embrapa vem desenvolvendo estudos com foco na viabilização do uso desses subprodutos, contribuindo para a consolidação da cadeia produtiva de fertilizantes produzidos a partir de resíduos. Recentemente a empresa lançou a tecnologia de produção de fertilizantes organominerais granulados como forma de aproveitamento e uso de resíduos, essa tecnologia envolve processo industrial de mistura de resíduos com fertilizantes minerais e posterior granulação. Dessa forma, o produto final apresenta características propícias ao seu uso em equipamentos de aplicação de fertilizantes tradicionais, facilitando a adoção da tecnologia pelos produtores rurais.


A adubação orgânica, quando utilizada de forma correta, com critérios técnicos poderá substituir ou complementar adubação mineral, pois se apresenta eficiente para o desenvolvimento das plantas e para os atributos do solo. Além dos nutrientes, o uso de resíduos ricos em matéria orgânica pode trazer outros benefícios, como tornar o solo mais macio, quando ele é muito argiloso, ou dar mais resistência, quando o solo é muito arenoso. Um outro grande benefício é aumentar a retenção de água, o que é muito bom para os solos arenosos.


Levando em consideração a grande dependência brasileira pela importação de fertilizantes e a necessidade de implantação de práticas sustentáveis, a adoção de estratégias para o reaproveitamento desses nutrientes e para a disposição ordenada e ecologicamente correta dos resíduos agrícolas e agroindustriais são de grande importância para o país.


Vale ressaltar que: Antes mesmo de proporcionar o aumento na produtividade das culturas deve-se levar em consideração o respeito com ao ambiente, principalmente com a prática da adubação orgânica, pois a utilização inadequada dos fertilizantes acarreta no aumento da degradação dos nossos recursos naturais e poluição ambiental. Antes da utilização de fertilizantes a base de resíduos orgânicos é recomendado que procure por profissionais capacitados que lhe auxiliarão a tomar as melhores decisões, visto que é necessário conhecimento das características químicas do solo para conhecimento de sua fertilidade e suas deficiências.

 

Se interessou pelo conteúdo?

Entre em contato conosco! Podemos entregar a melhor solução para sua propriedade Rural.

Ramo da Terra – Soluções Agrícolas e Ambientais

Av. Brasil Norte, 364, Sala 15, Ilha Solteira

Cel: (35) 98807-5190 (Guilherme)

Email: marketing@ramodaterraej.com

Facebook: facebook.com/ramodaterra

Site: https://bit.ly/ramodaterraej

 

Referências bibliográficas:


EMBRAPA. Bases tecnológicas para o desenvolvimento e validação de fertilizantes organominerais a partir de resíduos agrícolas e agroindustriais no Brasil. Disponível em: tecnologicas-para-o-desenvolvimento-e-validacao-de-fertilizantes-organominerais-a-partir- de-resíduos-agrícolas-e-agroindustriais-no-brasil. Acesso em 18 nov 2021;


EMBRAPA. Uso de resíduos como fertilizantes contribuem com a sustentabilidade. Disponível em: https://www.embrapa.br/busca-de- noticias/-/noticia/66138327/artigo-uso-de-residuos-como-fertilizantes- contribuem-com-a-sustentabilidade. Acesso em 18 nov. 2021;


FUNDAÇÃO ROGE. Uso de dejetos como fertilizante na fazenda. Disponível em: https://www.fundacaoroge.org.br/blog/uso-de-dejetos-como-fertilizante-na- fazenda. Acesso em: 18 nov. 2021.










0 comentário

Posts recentes

Ver tudo